sábado, 30 de junho de 2012

Pousada Casa Sin Nombre

 Quando estive em Florianópolis/Jurerê no início de junho deste ano, fiquei nessa pousada deliciosa, em estilo mediterrâneo, bem pertinho da praia. Recomendo.


quarta-feira, 27 de junho de 2012

Onde eu queria estar agorinha, agorinha


Essas fotos são de uma casa na praia, que vi no Desire to inspire. Hoje acordei cansada (passei mal na segunda-feira, nao consegui trabalhar à tarde todo dia e ontem, então, tive que trabalhar por segunda e terça, ufa!) e quando vi as fotos dessa casa, quis logo pular para o poltrona de lá, pegar um livro no aparador e so tirar meus olhos dele para curtir a vista pela janela...

domingo, 24 de junho de 2012

Sábado cultural

O FIT (Festival Internacional de Teatro) esteve movimentando BH nos últimos dia.Na programação, comemorando os 30 anos do Grupo Galpão, estava presente a remontagem da peça Romeu e Julieta, um grande sucesso desse grupo. Entao, nesse sábado, ao por do sol, pude conferir toda a poesia, beleza e maestria dessa montagem de Romeu e Julieta, no Parque Ecológico da Pampulha.

O parque ficou lotado, o gramado funcionou como os assentos de um teatro de arena, os olhos de todos vidrados na apresentação. Impossível não sair de uma apresentação como essa com a certeza de que a arte é realmente um ótimo alimento da alma. 

                                                                             Fonte da imagem: Internet

 

sábado, 16 de junho de 2012

Jurerê

 No último feriadão, fui a Florianópolis. Filho ficou para curtir o aniversário de um amigo, então, fui sozinha, para descansar e ficar mais em contato comigo mesma. Como eram só quatro dias, me restringi a Jurerê, onde me hospedei (depois posto sobre a pousada onde fiquei por lá).


 Como não gosto de multidões, a praia estava perfeita para mim: o tempo estava muito frio frio, mas tinha um sol morno propício para caminhadas e quase não havia pessoas por ali. Por muitos momentos, tive a praia só para mim: para meditar, para ler, para caminhar ou apenas ficar num delicioso ócio.

O bairro, dividido entre Jurerê tradicional e Internacional, é tranquilo, repleto de belas casas, ornado por um verde reconfortante.


 Caminhando, cheguei até a um morro, onde se encontra a Fortaleza de São José, onde fiquei algumas horas contemplando sua arquitetura, que interage tão perfeitamente com a natureza.









 O bairro tem ciclovias e pistas para cooper. De um modo geral, é perfeito para os que gostam de conhecer tudo caminhando, como eu.


Há muitos locais interessantes para uma boa refeição ou só para um chocolate quente (lembrando que estava muito frio quando fui).
E há um Shoping a céu aberto para os que não conseguem ficar longe das compras.

Enfim, um lugar que equilibra muito bem o belo e o útil, o urbano e o natural. Sei que no verão o local fica lotado, então é um período que irá agradar aos baladeiros. Eu, quando voltar, irei novamente em períodos de baixa estação, para voltar, de novo e de novo, como o humor em alta!

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Livros deliciosos

E não é modo de falar não...rs...Esses dois livros que comprei na semana passada são mesmo uma delícia!





terça-feira, 5 de junho de 2012

sábado, 2 de junho de 2012

Lendo e aprendendo...

Estou lendo o livro "Correspondências", de Clarice Lispector. As cartas suas e de seus correspondentes estão organizadas por décadas, de 1940 a 1970. Além de saber mais sobre literatos e ver parte  da história do Brasil pincelada nessas cartas, tenho refletido também com eles, com suas dores e alegrias, com suas angústias e clarezas, que viver bem nunca é fácil, que ter talento não é sinônimo de ter sempre um trabalho tranquilo e que todos nós temos mesmos os nossos momentos de queremos  jogar parte das nossas vidas para o alto e recomeçarmos de outra forma, de um outro lugar.

Tenho grifado várias frases no livro, claro. Para mim, as palavras de Clarice são sempre providenciais!

Deixo um abraço tal como o de Clarice, que diz: "que no abraço mais do que em palavras , as pessoas se gostam".