segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Feriadão

Emendei o feriado que haverá amanhã em Belo Horizonte, e fiquei em casa. Livros, meditação, nostalgia, e há pouco um filme cuja história se passa no interior da frança. Aqui dentro de casa, ao menos, recrio um pouco da calmaria e silêncio que o cenário da cidadezinha do filme me remeteu. Mas a coceirinha para viajar já volta a me atacar...

sábado, 5 de agosto de 2017

Mais umas imagens do Palácio Nacional de Mafra

 Eis mais algumas imagens do Palácio Nacional de Mafra, que tem muito mais que sua biblioteca suntuosa. Em alas opostas, encontravam-se os aposentos do rei e da rainha. Nos meus dias em Mafra, li Memorial do Convento, romance de Saramago que retrata o período da construção deste Palácio, e foram experiências maravilhosas: a leitura do livro e a visita ao seu cenário.








domingo, 30 de julho de 2017

Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra

Visitando o Palácio Nacional de Mafra, em Portugal, deparamo-nos com esta suntuosa biblioteca, que abriga cerca de 36.000 volumes. Fiquei de queixo caído pela beleza do lugar, depositário de tantas relíquias. E por descobrir que são pequenos morcegos que fazem a manutenção do lugar, evitando que pragas se propaguem e danifiquem as obras.

sábado, 15 de julho de 2017

Por ali, em Roma

 Mais um pouco de minha passagem por Roma no mês passado.












domingo, 9 de julho de 2017

Janelas...

Estive em Lisboa por alguns dia, no final da primavera. Foram dias de calor intenso, então as caminhadas que tanto aprecio fazer se tornavam insuportáveis. Devido a isto, por muitas vezes me refugiei em museus e lugares com ar condicionado, buscando absorver a cidade de outras formas. Demorei-me frente a esta janela, num centro comercial no Chiado, onde nada comprei, apenas me hidratei e fiquei admirando esta vista para Lisboa, com o Castelo de São Jorge, imponente, no alto e ao fundo.

domingo, 2 de julho de 2017

Na dúvida, repito o ritual...

Em junho, passei mais uma vez por Roma. Minha paixão pela Itália continua inabalável. Em todas as minhas passagens pela capital italiana, vou a Fontana de Trevi jogar uma moedinha, ritual que dizem propiciar nosso retorno à cidade. Moedinhas jogo na fonte, e retornos à cidade me acontecem... Então, vou continuar jogando as tais moedinhas, mesmo porque a fonte é linda e é um lugar que vale muito à pena ser revisitado, apesar dos inúmeros turistas à sua volta. E já me preparo para meu retorno à Roma em alguns meses!

domingo, 25 de junho de 2017

Mais um reconhecimento

Nesta semana recebi a notícia de ter sido premiada em mais um concurso literário, desta vez no concurso de poesias da UFSJ. Esta universidade fica na cidade de São João Del Rei/MG, cidade onde morei durante parte da minha adolescência, onde descobri minha paixão pelos livros e comecei a escrever. Por isto, esta premiação vem com um gostinho todo especial.


resultado final aqui (meu poema intitula-se Sazonal e está sob pseudônimo no resultado).

sábado, 3 de junho de 2017

Sintra, num domingo à noite

 Cheguei a Sintra (Portugal) num domingo cedo. Era inverno e ainda assim a cidade e seus pontos turísticos estavam com muitos turistas. No fim de tarde, fui para a pousada onde me hospedei para descansar um pouco das andanças, até sair novamente, por volta das 20 horas, para jantar. E me deparei com outra Sintra: pareciam que todos os turistas tinham indo embora (com exceção de mim) e eu, que fujo cada vez mais de multidões  e muvucas, pude me deliciar com a cidade silenciosa, desfrutando de sua quietude e beleza, ampliados pela ausência de movimento.








sábado, 27 de maio de 2017

Ericeira e seu centro histórico


 Uma tarde de inverno, uma cidade fantasma? Creio que os moradores faziam a sexta na tarde fria e deixaram a cidade (quase) para mim...



sábado, 20 de maio de 2017

sábado, 13 de maio de 2017

Por do sol em Ericeira

 Há poucos quilômetros de Lisboa encontra-se o balneário de Ericeira.O lugar é absolutamente lindo com seus penhascos banhados pelo mar. Estas fotos foram tiradas no por do sol de uma dia de inverno.