sábado, 3 de junho de 2017

Sintra, num domingo à noite

 Cheguei a Sintra (Portugal) num domingo cedo. Era inverno e ainda assim a cidade e seus pontos turísticos estavam com muitos turistas. No fim de tarde, fui para a pousada onde me hospedei para descansar um pouco das andanças, até sair novamente, por volta das 20 horas, para jantar. E me deparei com outra Sintra: pareciam que todos os turistas tinham indo embora (com exceção de mim) e eu, que fujo cada vez mais de multidões  e muvucas, pude me deliciar com a cidade silenciosa, desfrutando de sua quietude e beleza, ampliados pela ausência de movimento.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi, vou adorar que vocês também compartilhem comigos suas reflexões...